Cabir - O vírus chega ao celular

Márcio d'Ávila, 15 de junho de 2004.
Categoria: Segurança: Vírus

O vírus Cabir, descoberto em 14 de junho de 2004, é o primeiro vírus capaz de propagar-se através de telefones móveis. Na prática, afeta os dispositivos que funcionam sob o sistema operacional Symbian OS, utilizado em muitos modelos de telefone celular, entre eles alguns fabricados pelas empresas Nokia (Series 60), Siemens e Sony-Ericsson.

Cabir se propaga na forma de um arquivo chamado Caribe.sis, que se instala automaticamente no sistema quando o usuário aceita a transmissão. O pacote de instalação Caribe.sis copia em \system\apps\caribe\ os arquivos caribe.rsc, caribe.app e flo.mdl, e executa automaticamente caribe.app. Neste momento, ele copia os arquivos para outras localizações e exibe na tela o texto: "Caribe". Depois inicia uma busca constante para enviar-se a outros aparelhos que também estejam conectados através da tecnologia Bluetooth. Embora o Cabir seja um vírus de "prova de conceito", criado apenas para testar a possibilidade de exploração da vulnerabilidade, sem causar danos reais, este proceso gasta consideravelmente o tempo de operação da bateria do telefone.

Referências


Firefox - A web de volta
Creative Commons License

© 2003-2007, Márcio d'Ávila, mhavila.com.br, direitos reservados. O texto e código-fonte apresentados podem ser referenciados e utilizados, desde que expressamente citada esta fonte e o crédito do(s) autor(es). A informação aqui apresentada, apesar de todo o esforço para garantir sua precisão e correção, é oferecida "como está", sem quaisquer garantias explícitas ou implícitas decorrentes de sua utilização ou suas conseqüências diretas e indiretas.